O shortinho de cetim e o check in

Ontem foi meu primeiro turno noturno… das 14:45 às 23:30h. Aproveitei a manhã pra ir na academia, fiz musculação, cross trainer e corri. Baixou um cidadão lá que eu não conseguia parar de rir. O cara tava de óculos escuros (dentro da academia fechada) e usava um short de cetim azul (?????). Um horror. Como se só isso não estivesse bom, ele parou no pulley, segurou a barra e eu crente que ele ia começar a série… que nada, o cara começou a dar umas reboladinhas pra um lado e pro outro, um movimento circular, com aquele shortinho de pijama azul bebê e a barriguinha aparecendo… eu quis morrer! Não consegui segurar o riso, não sei se ele me viu, mas foi inevitável!!! Pior é que ele não fez série nenhuma mesmo, segurou o pulley só pra rebolar! hahahahaha!
No hotel foi ok. Tô começando a me estressar já, muito trabalho ao mesmo tempo, eu não tenho como ajudar muito quem fica comigo (óbvio, comecei de verdade na recepção ontem!!!) e as pessoas acabam ficando sobrecarregadas. Resultado, a menina que tava comigo ontem teve que fazer um milhão de coisas ao mesmo tempo e eu fiquei só no check-in… perdi todo o acompanhamento dos outros processos!
Fazer check in é tranquilo, o que me pega ainda são os milhares de reports que têm que ser impressos, contas de minibar, banking, contas de restaurantes, report de evacuação, report de autorização de crédito, tem report que não acaba mais. E cada um com seu código… E outra, ontem contei o cofre. Eu não sou a melhor pessoa com dinheiro, sou meio avoada com isso. Mas tem que contar, pesar as moedas do cofre, contar o float, receber dinheiro, anotar tudo tim tim por tim tim…
Enfim… os check ins foram baba… Ainda ando meio nervosa pra atender telefone e pra conversar muito com os hóspedes… o foda é que eles se irritam com a minha lerdeza!!! Mesmo estando escrito “trainee” na minha plaquinha… mas eu entendo né, quando a gente chega num hotel a primeira coisa que quer fazer é um check in rápido, subir pro quarto e descansar…
No fim, meu turno era até às 23, saí de lá às 23:30, cheguei aqui podre… além de ter malhado pra caramba fiquei literalmente oito horas em pé e de salto. Minhas pernas não aguentavam mais. O David já tava virando abóbora e mal deu tempo de aproveitar meu maridinho…
Hoje desencanei da academia, vou nos meus days off (esse fim de semana). Daqui a pouco farei outro turno noturno… e espero que seja tranquilo.

Anúncios

6 comentários sobre “O shortinho de cetim e o check in

  1. Laura disse:

    Minina, eu penso que coisa feia deveria ser proibido por lei. Alem do cara por short de cetin, tinha que rebolar????
    Boa sorte com o emprego!!! No começo eh dificil mesmo, daqui uns dias vc tira de letra!!!!
    Beijossss

  2. Anna Clara disse:

    Cara, eu morri de rir com a história do sujeito na academia! Tinha um figura que malhava comigo em Cork que era mais ou menos do mesmo naipe. Hhuahauhauhaua
    Trabalhar em hotel é bem interessante, mas hóspede é um bicho grosso por natureza. Minha prima trabalhou durante anos no Copacabana Palace e lá rolava de tudo… Força na peruca! :*

  3. Vivi disse:

    Shortinho de cetim é tudo de péssimo 🙂
    Amiga tbm tenho trabalhado em pé o dia inteiro e complicado, meus joelhos ficam em frangalhos…mas tá bom!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s