Heeeeey eu voltei!!!!

Hoje tirei um dia extra de folga! Resolvi não ir trabalhar e tirar um dia pra mim. Seria meu sétimo dia seguido e desde ontem eu ando com uma gripinha querendo dar o ar da graça, e sem energia pra ficar oito horas em pé!
São quarenta libras a menos, já que não ganho quando estou doente, mas que se dane.
Acabei ficando aqui mesmo, lendo minhas revistas, meus livros, cozinhando… queria ir na academia mas resolvi me dar ao luxo de não fazer nada. Bom, muito bom.
Falando em academia eu tomei uma decisão que eu espero que consiga colocar em prática. Vou começar a treinar pra correr de verdade. Esse fim de semana é a meia maratona de Reading e uma menina do hotel me disse “achei que você fosse correr, é a saudável da turma!”. E eu pensei… meu, eu bem que podia correr né! Óbvio que não estou treinada pra essa meia maratona, mas quem sabe daqui a um ano. Quem sabe uma London Marathon, que show!!!!

Vou começar a colocar meus planos em prática. Assinei uma revista aqui, a Zest, que eu amo de paixão. Foi amor à primeira vista… é a “Boa Forma” inglesa. E eu que sentia tanta falta da Boa Forma (não que eu não tenha aqui a última edição dela e da Corpo a Corpo, que a Lu acabou de trazer do Brasil!!!)
Então, a Zest veio com um plano incrível de corrida pra beginners. Eu quero muito fazer, preciso colocar isso em prática… sempre quis!!!!

E no mais, tudo numa boa… esse fim de semana estou de folga (viram como as coisas mudaram!!) e talvez iremos pra Londres!!!! Conto mais se eu for mesmo!!!

Anúncios

Aaaah, a primavera…

Quando eu era pequena era apaixonada por abelhas. Sério!! Pegava as digníssimas na mão e tudo, fazia um caminhozinho de abelha andando no meu braço. Coisas de criança demente.
Até que eu comecei a sentir o cheiro da vingança. No clube onde eu era sócia, as crianças derrubavam refrigerante no chão, óbvio. E eu, que sou fã incondicional de andar descalça, comecei com contatos imediatos com as bichinhas. Pisava nelas e levava ferroadas. Sentava na cadeira e lá tinha uma pra me picar…. sempre no pé. Foram tantas ferroadas que comecei a desenvolver uma mistura de ódio e medo pelas minhas ex-amigas. Nem sei contar quantas vezes já levei uma bundinha de abelha pra casa.
Chegando aqui, com meus vinte e cinco anos e uma boa dose de amadurecimento, a estória mudou de figura. O medo virou pânico. Foi no exato momento em que eu descobri que ELAS existem. As Bumblebees!!!! Abelhas anabolizadas, peludas, gigantes, que fazem barulho de caminhão!!!!!!!! E eu posso ver os olhos delas me encarando!!!!

bumble-bee1
E eu, que sou tão pequenininha, sinto nelas uma enormidade absurda!!!! Elas são gigantes! Já tirei foto de uma que era do tamanho do meu mindinho, da base da mão até a ponta da unha!!!!!!
E o solzinho e a temperatura agradável já acordaram a besta!!!! Uma delas entrou na sala esses dias e eu juro que bati o recorde de quem chega mais rápido em outro cômodo da casa!!! Eu levantei do sofá, corri, fechei a porta da sala e me escondi debaixo do edredon na cama em coisa de milésimos de segundo… o David só foi entender depois que viu a dita cuja na janela… Eu escuto o motor delas de longe!!!! Sabe aqueles besouros grandes que voam no Brasil e fazem um barulho horrível??? Elas são iguais!!! Só que vestidas de abelhas peludas!!!!!!
Eu já tive estórias impagáveis com essas criaturas, micos homéricos… meus ex-vizinhos britânicos que o digam!!!!

Olha só a cara dela, diz se não é assombração!!!!!!

bumble-bee_051

Ser ou não ser…

E tem um solzinho hoje de novo, a temperatura finalmente passa dos 10 graus positivos… e eu vou trabalhar à noite once again! E tô só aqui pensando se vou na academia ou economizo meus músculos pra mais oito horas em pé!!!

Ready, steady, lay down!!!

Eu que me prepare mesmo. Três fins de semana seguidos assim… Este, futebol sábado e rugby domingo. Fim de semana que vem, St. Patricks Day, o dia que a ilha inteira se reúne pra beber. O outro, meia maratona de Reading com saída e chegada no puxadinho da porta do hotel. Já me avisaram que o hotel vira laje de casa de pobre, churrasquinho na porta e tudo… E ainda falaram, se prepare mais pro St. Patricks Day. É neguinho deitado no chão em coma alcóolico no sofá do lobby. E adivinha quem vai trabalhar nos seis dias de “fun”???? Moi.

Calcinhas, uni-vos!!!

Tudo bem que já passou o dia das mulheres, mas sempre há tempo para umas boas risadas!!!!

Oração das mulheres resolvidas!

Que o mar vire cerveja e os homens tira gosto,
que a fonte nunca seque,
e que a nossa sogra nunca se chame Esperança,
porque Esperança é a última que morre…

Que os nossos homens nunca morram viúvos,
e que nosso filhos tenham pais ricos e mães gostosas!
Que Deus abençoe os homens bonitos,
e os feios
se tiver tempo…

Deus…
Eu vos peço sabedoria para entender um homem,
amor para perdoá-lo e paciência pelos seus atos,
porque Deus,
se eu pedir força,
eu bato nele até matá-lo.

Um brinde…
Aos que temos,
aos que tivemos e aos que teremos.

Um brinde também aos namorados que nos conquistaram,
Aos trouxas que nos perderam,
e aos sortudos que ainda vão nos conhecer!

Que sempre sobre,
que nunca nos falte,
e que a gente dê conta de todos!

Amém.

Sonho real

Ai, alguém aí já acordou chorando??? Gente, que sensação mais louca!!!!
Eu estava sonhando com os meus avós, na verdade com a casa deles. Meu avô faleceu em 2003 e minha avó em 2005. E a casa que eles moravam está vazia há anos… no meu sonho, porém, ela ainda estava viva. A casa. Porque é assim que eu defino, quando uma casa fica vazia ela morre também… não tem mais vida.
E no meu sonho eu chegava na cozinha, pegava um pão francês quente e fresquinho que o vovô tinha acabado de comprar, e espirrava numa xícara um jato do melhor café do mundo que ficava naquela garrafa térmica vermelha. E eu amava isso.
A mesa da cozinha tinha uma toalha e um bolo em cima. Eu me lembro até da chave pendurada no chaveiro ao lado da porta, e do chaveiro de bola. Meu Deus…
Eu abri a porta de despensa e tinha Toddy e vidros com cebolinhas marinando no vinagre. Tinha até o pote azul de açúcar, de plástico quadrado com a tampa branca!!!
E na geladeira eu vi leite integral parmalat e margarina claybon!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Eu acho que voltei uns vinte anos na minha vida!!
Lembro de ter pego o prato de vidro e a xícara para colocar o café, e sentar na mesa pra conversar com a minha mãe. Lembro de olhar pro lado direito e ver o relógio de parede e o calendário.
Aí fui pra sala e abri o armário onde o vovô escondia os doces e chocolates. E percebi que não tinha mais doce e chocolate, havia um espaço vazio dentro do armário. E minha mãe me perguntou o que estava acontecendo e eu desabei de chorar no sonho. Óbvio que foi uma metáfora, eu não chorei porque não tinha bis, eu chorei porque eu sabia que meu avô não estava mais lá, e era um choro doído de saudade… Em nenhum momento eu os vi no sonho, mas a dor que eu senti quando vi aquele armário vazio foi horrivel. E eu só acordei porque chorava muito na cama também, na vida real. Acordei vermelha, com os olhos inchados e toda cheia de lágrimas no rosto. Que coisa mais louca…

Alemã gardenal

E a minha gerente tá num humor tão bom, mas tão bom, que eu achei que tava rolando um sexo na vida dela… mas agora acho que ela deve estar sob influência de drogas pesadas. Ela me deu o domingo de folga (extra) e ontem me mandou pra casa uma hora mais cedo!!!!!!!!!! E ainda disse que eu nunca faço nada errado, que eu sei de tudo e sou uma recepcionista incrível. Ai… será que ela tá a fim de mim?????

2 anos – looks like we made it, look how far we´ve come my baby…

Hoje eu faço dois anos de casada!!!!!

Meu Deus, como o tempo passa rápido!! Foi um dia mágico…. 03 de Março de 2007.

11

ring

6

81

“Tus ojos me llevan lentamente al sol
Y tu boca me habla del amor y el corazón
Tu piel tiene el color de un rojo atardecer
Y es por ti
Que late mi corazón
Y es por ti
Que brillan mis ojos hoy
Y es por ti
Que he vuelto a hablar de amor
Y es por ti
Que calma mi dolor”