A casa

Parada em frente às janelas trincadas,

Mãos nos bolsos, pálpebras salgadas.

A casa onde a menina viveu dois amores.

Um quebrado, outro quebrando.
Um errado, outro errando.

Anúncios