Jogo

A verdade é que você me diminui e eu preciso de quem me aumente. Você me enfraquece, eu quero apenas quem me fortaleça. Quando estiver disposto à aceitar meus fracassos e minhas lapidações humanas, estarei de braços abertos esperando você e seus cacos, que recolherei cuidadosamente do chão.

Mas enquanto eu for apenas um motivo para teus jogos baratos de controle e interesse, desculpa; não sei brincar de ser humano.

Anúncios

Amplitude

E então você enfeita esse teu gostar torto com todos os meus defeitos, como se para apontar algo bom em mim fosse preciso me lembrar de todas as lições que aprendi no passado.
E eu sou dessa gente movida por impulsos, por verdades e frios na barriga. Por desejos e gente real. Eu sou movida por todos esses detalhes sórdidos e escuros do ser humano, porque são eles que me elevam e me ampliam, são eles que me fazem sentir viva. E eu não julgo ninguém por suas batalhas, aprendi há muito tempo a aceitar pessoas e suas bagagens. Bagagens são o que mais me fascinam.
Eu admiro erros e dores, eu entendo caminhos e decisões, ainda que sejam completamente diferente do que eu faria. Separar atitudes de contexto é muito perigoso.
Eu gosto de abraçar os outros com todos seus medos, receios e todas as cicatrizes mal curadas. É nesse pequeno detalhe de cada um que mora toda a vida.
Eu sempre gostei de você. Com todos teus problemas emocionais, essas cicatrizes baratas e teu gosto de vodka. Sempre gostei do teu passado sórdido, das tuas fixações, dessa arrogância e orgulho tolos, desse medo de profundezas e mania de estar em controle de todas as emoções. Eu nunca te diminuí. Porque teus defeitos – e são tantos – te fazem cada vez mais humano e eu gosto de gente real.

Continuidade

A vida é um eterno continuar. Sempre existirão o próximo passo e a manhã seguinte.
Você vai aprender a encerrar amores, recomeçar relacionamentos, você vai enterrar pessoas vivas e mortas.
Você assistirá à um incansável ir e vir e não poderá fazer absolutamente nada para mudar isso. E quando a frustração e a raiva pela falta de controle passarem, você então terá percebido que a vida nada mais é do que prosseguir. A sua vida continua, independente das jornadas alheias.
Um dia você viu alguém partir e não poderia imaginar que 32 anos depois, no mesmo dia, seria sua vez de ir embora.
É preciso levantar a cabeça e continuar, o dia acaba apenas para os que se foram hoje. É preciso deixar que cada um siga seu caminho, um pé após o outro. Não existem estradas iguais, apenas mãos dadas. Não existem pausas, somente tombos. Desapegue de todos os passos deixados para trás, a poeira é ontem. E continue. Amanhã será completamente diferente, ainda que demore um tempo para chegar.

*****

Dedicado à Nice, que infelizmente deixou de continuar hoje e ao meu pai, que também partiu hoje, mas há 32 anos. Descansem em paz.

Riacho

É preciso mais leveza
Mais sutileza
Gentileza
É preciso que todo mundo seja
Um pouco mais do que se é.

É preciso que as pessoas me invadam
Como um riacho desses estreitos
Devagar, constante e sem pressa
Que me transborde o peito
E me inunde da cabeça aos pés.