Dúvida

Eu tenho certeza ABSOLUTA de que um dia ainda vai cair um holofote na minha frente.

THE+TRUMAN+SHOW

Anúncios

Noite estranha com notícia esquisita

Foi uma dessas noites estranhas.
Eu e o David tomamos banho e fomos dormir. Perto da meia noite, dispara a porcaria do alarme de incêndio do prédio. Vocês não tem uma noção do barulho, é ensurdecedor. Imagina estar dormindo e pular da cama com isso.
Enfim, eu desci de pijama e chinelo e fui ver o que estava acontecendo… afinal, depois de um ano e meio aqui e uns seis alarmes falsos, já tô acostumada a não ser nada (abafa que duas vezes eu fui a responsável hahaha). O David nem se mexeu.
Eu desci, o painel tava normal. Encontrei minha amiga e o namorado em situação pior: de roupão, no meio da rua. Subi e falei pro David se arrumar pra gente descer, se fosse fogo mesmo a gente já tava morto… Ele demorou uns dez minutos e desceu.
Chegou o caminhão de bombeiro, neguinho subindo o prédio pra cima e pra baixo, e quem disse que o alarme parou.
Só parou depois de uma meia hora, quando os bombeiros revistaram tudo e um dos caras que mora aqui sabia desativar.
Nesse meio tempo, enquanto eu pegava meu celular pra ligar pra emergência da imobiliária, dou de cara com uma mensagem de texto de uma amiga “Michael Jackson is dead”. Eu dei um grito. Não é possível!!!!
O namorado da minha amiga disse “não, mentira… porque que ele ia morrer?” Eu quase disse “porque as pessoas morrem…”, mas achei melhor ficar quieta porque, no fundo, sabia o que ele queria dizer. Michael Jackson não morre.
A primeira coisa que fizemos quando voltamos pra casa foi ligar a TV e ver a notícia surreal.
Eu tive a nítida sensação de que eu ia acordar a qualquer minuto e tudo isso seria um daqueles sonhos loucos, eu de pijama no meio da rua, Michael Jackson is dead. Só faltava uns dinossauros voando.
Mas não, cara. Era real e louco, muito louco. Faltam só 17 dias para o show no O2 Arena!!!!! Como assim??
Michael era pra mim como pra muita gente da minha geração… uma pessoa real, um artista incrível, incomparável. Michael Jackson era o que a gente imitava na escola quando era criança e quem sabia andar pra trás como ele era sempre o popular. Eu cresci com medo de “Thriller”, cantando “because I´m bad, I´m bad, you know it”. Eu vi Michael negro, Michael mulato, Michael Jackson 5, Michael com nariz de batata, Michael com a cara da irmã, Michael no Pelourinho, Michael de luva branca, Michael com vitiligo, Michael com bebê pendurado, Michael sem nariz… enfim. Faz parte da história.
E fez parte da história o dia em que ele tocou no Morumbi e eu tinha 12 anos. Tinha só um ingresso sobrando e eu tive que tirar dois ou um com a minha irmã – e eu sempre perdia no dois ou um… E ela foi, enquanto eu fiquei na casa da amiga da minha mãe, do lado do estádio, dentro do banheiro porque dava eco e dava pra ouvir o show inteiro.

É muito surreal. É muito sem noção. Tudo bem que de um tempo pra cá era como se ele não estivesse mais entre a gente mesmo, mas a notícia é sempre maior do que o fato. Michael Jackson is dead. Não pode! Michael Jackson é daqueles que você acha que não vai morrer nunca! É como a Madonna, o Didi, o Roberto Carlos, o Lula. Você consegue imaginar a manchete “Madonna is dead”, ou “Morre Roberto Carlos”… não, né???
Enfim…. é surreal, é triste pensar que ele estava se empenhando pra caramba para um grande “comeback” nas turnês, dizem que ele queria que as pessoas vissem que ele ainda era o mesmo…
Ouvir Michael pra mim é voltar no tempo, numa fase em que a minha vida ainda era cor de rosa, problemas eram coisa de gente grande…Mas o legado, a herança na história já existiam mesmo antes disso tudo acontecer. Michael Jackson vai ser sempre Michael Jackson, eterno King of Pop.

Agora dá pra alguém me acordar e dizer que é mentira, por favor???

Quem foi que disse

que inglês é um povo pontual, educado e evoluído???????

15 minutos de FAME

Pra quem ainda não sabe, tem Brasileiro no Big Brother daqui.

Untitled
Rodrigo Lopes, 23 anos, paulista, assumidamente bissexual, é tão bonitinho que dá vontade de levar pra casa. E aqui, minha gente, bissexual não significa nada, mesmo porque isso já é moda na ala feminina. E falando de ala feminina, estão é arrastando um belo bonde por ele.
Quando me perguntam de onde é o meu sotaque e eu digo Brasil, logo vem uma fêmea em crise e diz  “ai, que nem o Rodrigo…” Ou melhor, “Urouduriguou” Ah, te catá.

Mini-mosquito

Caiu um mini-mosquito no meu olho, do tamanho de uma cabeça de alfinete. Agora há pouco, enquanto eu caminhava na rua. E se o problema fosse o mini mosquito no olho, seria muito fácil. O meu problema mesmo é a minha imaginação, que chega a beira da paranóia.  Dei uma esfregada e comecei a viajar, pensando no mosquito se abrindo todo em tripas dentro do meu olho, meleca pra tudo que era lado, as mini asinhas!!!! aiiiiiii!!! e essas patas, por onde pisaram? Deu pra perceber que eu quase não pisquei o caminho todo de volta né…

Ando devagar

Tenho certeza de que essa música ou já tocou, ou ainda vai tocar lá no fundo de alguns de vocês.

“Ando devagar porque já tive pressa
e levo esse sorriso, porque já chorei demais
Hoje me sinto mais forte, mais feliz quem sabe
eu só levo a certeza de que muito pouco eu sei, eu nada sei..
Conhecer as manhas e as manhãs,
o sabor das massas e das maçãs,
é preciso amor pra poder pulsar,
é preciso paz pra poder sorrir,
é preciso a chuva para florir.
Penso que cumprir a vida seja simplesmente
compreender a marcha, e ir tocando em frente
como um velho boiadeiro levando a boiada,
eu vou tocando os dias pela longa estrada eu vou,
de estrada eu sou
Conhecer as manhas e as manhãs,
o sabor das massas e das maçãs,
é preciso amor pra poder pulsar,
é preciso paz pra poder sorrir,
é preciso a chuva para florir
Todo mundo ama um dia, todo mundo chora,
Um dia a gente chega, no outro vai embora
Cada um de nós compõe a sua história,
e cada ser em si carrega o dom de ser capaz,
e ser feliz
Conhecer as manhas e as manhãs,
o sabor das massas e das maçãs,
é preciso amor pra poder pulsar,
é preciso paz pra poder sorrir,
é preciso a chuva para florir
Ando devagar porque já tive pressa
e levo esse sorriso porque já chorei demais
Cada um de nós compõe a sua história,
e cada ser em si carrega o dom de ser capaz,
e ser feliz.”

Salve Zé Ramalho….

Freedom tastes… weird!!!!

Eu me desacostumei em não fazer nada. Não consigo mais ficar mais de 3 dias em casa, mas por enquanto é isso que tenho feito desde sexta passada.
Meu último dia no Hotel foi ótimo, recebi vários cartões, presentes, uma caixa de chocolate enorme do gerente noturno, telefonemas, emails e a indiferença da minha chefe, que era de se esperar. Mas eu nem quis saber, ela não conseguiu mudar meu humor no último dia.
Eu tenho mandado meu cv pra muitas vagas desta vez, me cadastrei com agências, e tô até pensando em telemarketing se não aparecer nada. Agora que o trabalho acabou, começou a dar um friozinho nervoso na barriga.
Mas o negócio é que esse país aqui é devagar, e todo processo é burocrático. Preciso segurar firme e esperar mais algumas semanas até aparecer algo de verdade, que eu queira fazer. Em Marketing, de preferência. E em Reading, porque não tô muito a fim de pegar trem todo dia – a não ser que o salário compense!
Sábado à noite fiz uma festinha de despedida do Hotel, num pub no centro. Foi tão feliz!!!! Eu não esperava tanta gente, foram quase 20 pessoas, e tinha pelo menos um representante de cada área: recepção, finanças, housekeeping, restaurantes, vendas… Foi demais!! No dia seguinte, todo mundo me mandando mensagem de texto dizendo que estava ótimo, que deveríamos repetir… vou sentir falta desse povo!!!
Fora isso, hoje dei uma navegada pelo site do Home Office, que é a Imigração daqui. Meu visto vence em Janeiro e eu não tenho idéia do que fazer ainda… fui pesquisar e eu tenho que aplicar para outro visto, o permanente. Achei que custaria um olho da cara, como o que eu tenho agora. Mas quase caí de costas. Vai custar os dois olhos, o nariz, as duas orelhas, e o que mais puder levar. OITOCENTOS E VINTE LIBRAS!!!!!!!! Tem uma noção???? Tipo, era o meu salário de um mês inteiro camelando. Multiplica isso por três e tralalá e lá estará o fardado valor em reais.
Mas, como tudo isso nunca é demais, ainda tem que fazer o tal do teste de inglês e cultura britânica. Mais 35 pila pelo teste e 10 pelo livro. Eu vou falir!!!!!!
Quer dizer que homem de classe média aqui não pode casar com estrangeira né? Porque se depender só do salário do meu marido, a gente tá é frito com uma despesa extra de quase MIL LIBRAS. É melhor eu comprar um outro cofrinho….

Enfim, desejem-me sorte num novo emprego! Um que eu ame de paixão, que seja de segunda à sexta, em horário comercial!!! Que seja fácil de ir e voltar, que as pessoas sejam como uma segunda família, que todos admirem meu trabalho e que meu chefe me idolatre!!!! E que eu sempre sorria de orelha a orelha quando checar meus extratos bancários!!!!!
Amém.

Freedom tastes sweet 2

Mais um dia! Um diazinho!

Mais oito horas e acabooooooooooou!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!