Na rua dos bobos, numero Zero

Uhuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu!!!!! Pow-pow-pow-pa-puuuuuufffff!!!!!!!! Alugamos um flat!!! Finalmente! To ateh com as chaves na mao!
Agora eh entrar em processo de mudanca!

Eh um apartamento pequenininho, de 1 quarto, sala, cozinha e banheiro, mas ta super novinho e fica bem pertinho do centro. Isso significa mais oportunidade de trabalho e economia com onibus! E… um cantinho soh pra nos dois!!!!!! Depois de um ano de casados, FINALMENTE SOS!!!!!!!

Essa eh uma foto do predinho por fora, o nosso flat nao eh nenhuma dessas janelas aih porque fica virado pros jardins do fundo!!!

flat1.jpg
Anúncios

Memorando

Ventos do Norte: parem de vir pra caaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa!!!!!!!

19.03

Dia 19 de Marco, dia de Sao Jose. Me lembra meus avos, me lembra a Igreja dos Jardins onde eu assistia as missas desde pequena, me lembra 5 anos do primeiro ataque ao Iraque. E hoje tive uma noticia muito feliz…. feliz de um jeito que as criancas iraquianas nao podem ser. Feliz, que contradiz as minhas lagrimas de ontem assistindo a um documentario “O Iraque hoje”, lagrimas que corriam por ver uma menina de 7 anos que ha 5 nao sai de casa. Que ha 5 nao abre a porta da rua, porque a inseguranca eh monstruosa. Como uma crianca pode passar a infancia trancada em casa? Como destruiram um pais a troco de nada? O pais esta destruido. O pais nao tem mais leis, nao tem mais governantes. Eles dizem que enquanto o Saddam governava ainda havia hospital, ainda havia trabalho, escola. Havia energia nas casas e gas no fogao. Havia comida no fogao. E o que fizemos com o Iraque? O que os EUA, a Inglaterra e todos os paises condizentes tem a dizer agora? Queria que o Bush visse a menininha… queria que Tony Blair sentisse o vazio que saia de seus olhos, dizendo que nao sabia porque mas nao era feliz…. 54% da populacao iraquiana perdeu um conhecido na guerra. Mais da metade do pais. E se tem explosao em Bagda ainda? Eh soh abrir os jornais. As bombas explodem, a guerra civil continua, o caos recomeca…. e se alguem se machucar, que Deus o ajude. Porque nao ha remedio. Nao ha medico. Nao ha nada.
E de quem eh a culpa? Eu contrariaria Jesus neste momento e diria “nao os perdoe Pai…. eles sabem o que fazem”…. Mas quem sou eu para julgar?
Que Sao Jose continue cuidando de nos. Que alguem comece a cuidar do Iraque….

Virus gringo

Ai… mais uma gripe inglesa em 1 mes…. ninguem merece….

Hora de encapar!!

Nao sei o que me deu, mas de repente bateu uma vontade de voltar no tempo e fazer compra de material escolar!!!  Eu adorava! Tudo novinho, bonitinho, cheiro de livro novo, colocar fitinhas coloridas nas canetas com o meu nome, ou abrir o fundinho da BIC e enfiar um papelzinho escrito “Milena – 2a. serie”!!!
Melhor ainda, vontade de preencher etiquetas e treinar minha letra, aquelas etiquetas grandes, vermelhas e brancas, com nome, serie e materia! Ou entao pegar aquela borracha novinha da Faber Castel, tira-la do plastiquinho verde e escrever meu nome de novo! Tudo tinha que ser devidamente nomeado!!!!
E a hora de encapar livros e cadernos, entao! Lembro ate hoje de como a gente ficava feliz e queria aprender a encapar!! Mamae chegava em casa com um rolo de contact e encapava os livros mostrando pra gente! Ou entao com aqueles plasticos coloridos! Me lembro muito bem de quando eu, minha irma e meus primos iamos para a mesma escola, e lembro do dia em que nossas maes colocaram todos os nossos livros e cadernos em cima da mesa do apartamentinho que eles moravam na zona Sul. E entao a gente aprendeu a dobrar os cantinhos do plastico e se revezava com o durex. O plastico azul era do Fabio, o nosso era vermelho. E eu me lembro que nessa epoca eu e minha prima Carol estavamos na mesma sala, e a maior emocao do comeco do ano foi ganhar uma maletinha dos Ursinhos Carinhosos!!! Cada uma com a sua!!!!
Era a primeira serie do primeiro grau eu juro por Deus que me lembro do sinal tocando e eu puxando minhas cartilhas, meu estojo e minhas canetinhas debaixo da carteira e colocando tudo na maletinha que ficava em peh, no chao, a minha esquerda!

Eu sempre tive uma relacao com cadernos, principalmente por sempre ter escrito muito, desde pequenininha…. Entao essa musica era uma das que eu mais amava na minha infancia, e ela diz absolutamente tudo o que um caderno significava para mim…. Os cadernos eram a minha vida… um lapis ou um jogo de lapis colorido eram tudo o que eu precisava… E quando eu era adolescente passei a usar o caderno para escrever poesias, desabafos, desenhos…
Ainda choro quando escuto essa musica, de tanta coisa que volta na minha memoria…

O caderno 
Composição: Toquinho e Mutinho
 
Interpretação: ToquinhoSou eu que vou seguir você
Do primeiro rabisco até o be-a-bá.
Em todos os desenhos coloridos vou estar:
A casa, a montanha, duas nuvens no céu
E um sol a sorrir no papel.
Sou eu que vou ser seu colega,
Seus problemas ajudar a resolver.
Te acompanhar nas provas bimestrais, você vai ver.
Serei de você confidente fiel,
Se seu pranto molhar meu papel
Sou eu que vou ser seu amigo,
Vou lhe dar abrigo, se você quiser.
Quando surgirem seus primeiros raios de mulher
A vida se abrirá num feroz carrossel
E você vai rasgar meu papel
O que está escrito em mim
Comigo ficará guardado, se lhe dá prazer.
A vida segue sempre em frente, o que se há de fazer.
Só peço a você um favor, se puder:
Não me esqueça num canto qualquer…

American Idol

To passada com essa edicao. Nao consigo ter um unico favorito!!!! Tenho uns quatro, pelo menos!
Sou vidrada no australiano, o Michael Johns. Pra mim ele eh o mais foda, eu compraria um cd dele em dois segundos. David Cook tambem eh incrivel, um artista completo desses que fazem a gente se arrepiar, assim como a Brooke White e a Carly Smithson… e Amanda Overmeyer???? O que eh essa voz????

Eu to passada…. e viciada.

Deem uma olhada nos caras e procurem os videos no Youtube!

Vou de onibus

Ai, gente. Porque que eu nao posso pegar um onibus normalmente, como qualquer outra pessoa no mundo? Porque sou eu, neh? Ouvi alguem dizer isso…
Acabei de voltar do centro (da cidade, nao espirita) no meu onibuzinho (quem lembra do Mambo number 6???? Ele mesmo). Feliz da vida porque encontrei um livro maravilhoso, enooooorme, de capa dura do Jamie Oliver de 36 pounds, reduzido pra 9,99!!!! To a fim do livro, nao paro de olhar pra ele!!!! Enfim… peguei o mambo number six em direcao a casa do sogro, diga-se “home”, assim entre aspas mesmo. Sentei, linda, feliz e com labirintite, paquerando o Jamie da capa. Lugarzinho vazio do meu lado. Alias, onibus quase todo vazio.
Eis que entra uma comitiva de portadores de sindrome de Down. Eu achei super bacana, eles la, de cabelos tingidos, super cool e tal. Ateh que um deles sentou-se ao meu lado. Cara, nao tenho o menor preconceito do mundo, eu acho eles uns fofos. Mas fiquei rezando pra ele nao abrir a boca e falar comigo, afinal, ja eh dificil entende-los em portugues neh! Mas o problema foi que ele nao abriu a boca pra falar, mas sim pra outra coisa. Eu nao sei se ele estava resfriado, ou sei la o que, mas comecou a fazer uns barulhos com a garganta que iam de uhuuu a ihaaaa, com umas tosses catastroficas no meio. Achei que ele tava morrendo engasgado, mas como ninguem se manifestou, eu me fiz de sonsa… Pensei, no maximo vou chegar gripada em casa. Mas nao contente com as tosses e os barulhos faringianos, ele achou melhor cuspir catarro na mao!!!!!! Desculpe se alguem estiver lendo e comendo ao mesmo tempo… mas foi a coisa mais nojenta que ja vi na vida, depois de ter visto um rato fazendo coco!!! E nao foi uma vez, o cara fez umas quinze vezes, encostado em mim!!! Catarrava na mao e limpava na blusa!! Foi o inferno de Dante!!!! Uma situacaozinho que nao queiram estar encurralada numa cadeirinha do lado sem poder sair!!! Eu, com a cara no vidro para, pelo menos, nao ter que ver aquela cena, e morrendo de medo de ele resolver limpar a mao em mim!!!!!
Bom, metade do caminho percorrida, ele levantou e mudou de lugar. Eu dei um “ufa” e mal terminei o “a”, quando veio outro ocupar o seu lugar!!!! E esse acabou nao fazendo nada, mas eu ja tava preparada ateh pra strip-tease naquele momento…..

Genio

Existem poetas que sao como anjos caidos do ceu, vieram soh para nos mostrar palavras quando elas nao existem nem dentro de nos mesmos.

Se eu sou saudosista? Tambem era Pessoa…

 ” Eu amo tudo o que foi,
Tudo o que já não é,
A dor que já me não dói,
A antiga e errônea fé,
O ontem que dor deixou,
O que deixou alegria
Só porque foi, e voou
E hoje é já outro dia. “

 Sou em genero, numero e grau.