Claustrofobia de limites

Eu tenho um senso de liberdade muito grande. Mas daquela liberdade com lealdade, não estou falando de libertinagem. Sou filha do mundo, nasci pra ficar descalça com o pé na terra, pra sentir o vento no rosto. Tenho claustrofobia de paredes, muros, limites.
Meu corpo pede adrenalina, endorfina, serotonina, ocitocina, todo esse batalhão de hormônios e enzimas que fazem a vida valer um pouco mais a pena.
Tenho mudado muitos meus parâmetros. Este ano tem sido o ano da avaliação. O que plantei, o que tenho colhido, o quanto isso condiz com quem eu sou, o quanto isso diverge da minha essência, o quanto as coisas têm valido a pena. E ainda não cheguei a muitas conclusões, embora tenha opiniões super racionais sobre mim mesma, sem romantismo nenhum. Foi um primeiro semestre de encontros, literalmente. Essencial, já que eu estava completamente perdida em mim mesma.
Hoje continuo perdida, não me entenda errado. Apenas descobri novos modos de me olhar, novos ângulos. Entendi que nada que me tire da minha essência é imprescindível na minha vida, muito pelo contrário. O que me desvia não me pertence.
Cansei de me perder nas estradas. Cansei de pegar as estradas dos outros, embora achasse serem minhas. Estou novamente, 7 anos depois, na mesma encruzilhada que encarei um dia. É hora de tomar o meu rumo, independente de qualquer distração. É hora de focar no que eu gosto, no que me importa, no que me faz ser quem sou. Hora de ser um pouco mais egoísta e menos altruísta. Por isso ando com essa sede quase insaciável de voltar ou começar a fazer as coisas que sempre quis. E que fique claro que isso não é uma crise dos trinta, já que meu pé está na casa dos trinta e dois. Também não é uma fase. É um quase desespero de ser quem eu sou de verdade: artista, coração, alma livre, corpo em movimento. Adrenalina.
É entrando na minha estrada que encontrarei as verdadeiras pessoas. Quem tiver os mesmos objetivos que eu, lá estará, caminhando ao meu lado.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s