Fortaleza

Eu não sou assim. Não sou de ostentar carências e inseguranças, muito menos gostaria que você conhecesse essa parte minha. Pra você, como para todo mundo, eu sou aquela pessoa cuja força não cessa nunca, aquela que cai um milhão de vezes e levanta sozinha, aquela que aprendeu a tomar murro na cara da vida e continua sorrindo, esperando por um dia melhor. Eu sou aquela que veste a armadura em tempo integral, que não se protege dos ferimentos, mas que arca com a tarefa de limpá-los, estancá-los e deixar que se curem sozinhos. Nunca precisei do apoio de ninguém para tomar as minhas decisões, nunca deixei ninguém me pegar no colo quando as lágrimas caíam. Tudo o que fiz na minha vida foi agir e suportar a reação.
Mas nem mesmo a gente, que é feito de aço, consegue arcar com essa barra de ser forte o tempo todo. Essa obrigação ridícula de ser feliz todos os dias. E isso não significa que não se seja feliz: melancolia, tristeza, vazio são atributos nobres de qualquer coração que pulse. Nobres, pois é preciso ser nobre para mostrá-los e raramente eu o faço.
Ser fortaleza geralmente é uma fuga. Não é a minha sempre, isso eu garanto. A minha fortaleza é feita de força mesmo. Os meus muros, de chatice. De carência, de insegurança, de insistência. Testo os limites de quem se importa comigo para ver se correspondem. Não sou do tipo de gente que se vira do avesso nessas horas, que some e volta renovado. Eu chamo. Eu grito um apelo surdo, uma voz estridente sem som para ver se alguém percebe. Eu vou atrás. Eu fico chata, eu fico muito chata. E nem eu mesma sei suportar a minha chatice.
Mas não pense que me orgulho desse lado obscuro da minha personalidade, não se iluda. Preferia mil vezes ser dessas pessoas ermitãs, que se  isolam do mundo para recolherem os cacos.
A verdade é que se eu me isolasse, me perderia ainda mais. A verdade é que não queria que conhecesse as minhas fraquezas, mas sou exposta demais para escondê-las. Me entenda como um coração humano que de vez em quando dói e não é por culpa de ninguém, senão de mim mesma.  E me cuida quando preciso.

 

 

Anúncios

Um comentário sobre “Fortaleza

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s