Nada

De tudo fica um pouco. Um olhar perdido na foto, palavras rabiscadas no bloco de notas perto do telefone, naquele dia que te liguei. O sorriso que sorri o coração, a quentura da alma, o fogo da pele, o gelo da calma, o querer, o dever, o poder, o querer e querer e querer. A fantasia, tudo o que a gente criou e não passou de criação. Paixão é ilusão. Amor é realidade.

Do nada também fica um pouco.

Anúncios

3 comentários sobre “Nada

  1. Delma disse:

    É difícil se separar de quem tanto amamos…sei muitíssimo bem o que vc está passando – talvez até com maior intensidade. Mas me faz um favor? Da próxima vez, me INCLUA nessa vida de bar em bar….vc foi no Salve Jorge?
    Beijinhos e fica bem.

    Delma

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s