Intocável

Te querer é como querer possuir um pedaço de nuvem. Bobo assim. Intocável.
Você é livre como um pássaro poligâmico, como um lemur que esfrega hormônios em sua cauda.
Não tenho nem um pedaço de você pra olhar e me lembrar de coisas boas. Coisas boas que passam, porque diabos as coisas boas sempre passam? É como querer vivê-las no passado.
Eu tenho algumas coisas aqui guardadas pra você. Todas elas dentro de uma caixinha de marchetaria. Tesouro.
Você é como uma folha leve durante o outono, desliza vago pelo ar e cai. Basta uma pequena brisa pra te levantar de novo.  Eu assopro. Voe logo, não fique muito tempo onde está.
Te disse que tenho algumas coisas guardadas pra você. E sei que isso bem te intriga.

Anúncios

2 comentários sobre “Intocável

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s