Saudade de casa

Ai, pronto… bateu outro ataque de novo. Acordei, o David já tinha saído há muito tempo…. e eu cá com os meus botõezinhos e toda essa amargura dentro do peito. Não tem como segurar as lágrimas. Eu acho que na verdade só que tá fora e quem passou por isso entende o que eu tô sentindo… Faz quatro meses que saí do Brasil, só quatro meses…. mas eu já disse, começar a vida do zero em outro país não é fácil.
Minha mãe foi viajar esse fim de semana e eu não consegui falar com ela desde sexta, e acho que isso aumentou a saudade no meu peito. Além disso, tô de TPM.
Não vou dizer que odeio a Inglaterra, odeio estar aqui, porque ao lado do meu marido tudo é melhor do que parece… mas meu Deus, como eu sinto falta da minha casa, da minha mãe, da minha irmã, dos meus amigos…. da minha família… do meu cachorro!!!!!…. até da Margarete e as baboseiras matinais dela!!! Eu dava tudo pra poder ir uma semana pro Brasil, matar toda a minha saudade e voltar. Queria muito ver todo mundo de novo, abraçar, sentir o cheiro do Brasil, ouvir português pra tudo quanto é lado e fazer aquelas coisas de brasileiro…. ouvir o caminhão de gás passando na rua, sentir o cheiro de feijão vindo da casa da vizinha, ouvir os cachorros latindo, as crianças brincando na praça…
Ai sei lá gente, eu sei que vou superar isso um dia… mas por enquanto tá doendo muito.

Anúncios

5 comentários sobre “Saudade de casa

  1. Dri disse:

    Mi!
    Eu tb já morei fora e sei como é ruim o comecinho…

    Segura as pontas ai que vai dar tudo certo!

    Minha irmã mora no Canadá tem 13 anos e no começo ela tb sofreu muito, mas hj ela olha para trás e tem certeza de q valeu tudo muito a pena!!

    Força!!

    Bjos

  2. Laura disse:

    oi moça
    Fica assim nao.
    Essa parte de perceber que alem da saudade das pessoas que nao tem como levar junto e de sentir falta de coisas que nao existem por aqui é realmente a pior.

    Como ainda tem pouco tempo que estou aqui, cada dia que passa descubro mais uma coisinha que faz muita falta. So que o mais importante esta ai pertinho de vc.

    Tenho certeza que se vc deixou td pra traz é pq o David é uma boa pessoa!
    Bjsss

  3. Angela disse:

    oie

    Sabe, nao é fácil… nao é fácil mesmo.
    Saí do Brasil há 8 anos atrás, deixei família, minhas amigas, amigos, meu país, minha cultura e tudo o que eu conhecia prá morar na Alemanha com o meu namorado (hoje marido)…ah,deixei os meus 3 gatos também .

    Lembro que os 2 primeiros meses foi barra.
    Nossa.. fiquei deprê, chorei e nen me levantava mais da cama… fiquei praticamente 2 meses chorando e na cama!!!)
    Meu marido queria ajudar, coitado e nen sabia como….

    Enfim, o que vc sente é normal.
    Eu superei, vc supera e todo mundo que mora fora do país, passa por isso e um dia tudo é superado.
    É barra?
    é!
    Mas, vc nao pode se deixar afundar nessa tristeza, senao, pode ser difícil sair dela…

    Procure fazer as coisas que vc gosta, se distrair….
    Ver o lado bom da vida aí na Inglaterra…

    fazer novas amizades…

    talvez fazer um curso de alguma coisa que vc gosta…

    Saia prá um caminhada, os raios solares incentivam a produção de serotonina, a substância que nos dá a sensação de prazer.

    De repente.. arranjar um cachorrinho fofo??? já pensou nisso ??

    Ou um trabalho…
    Eu nao sei, mas vc sabe as coisas que ti fazem feliz !

    Espero que vc fique bem e se divirta por aí!!!

    bjooooooooooooo

    angel

  4. Anna Clara disse:

    Sabe o que é pior? Quando a gente volta pro Brasil morre de saudades do lugar onde estávamos. É a sina de quem vai morar fora, querida, não tem pra onde correr. O máximo que podemos fazer é ir administrando as coisas, tentar matar as saudades com a máxima freqüência possível. Mas se te consola, com o tempo ela fica mais suave e a gente se acostuma com sua companhia. Te cuida!
    :*

  5. Nurit disse:

    Vai sim Mi. Sei EXATAMENTE o que é isso e eu também achava que era impossível passar, de tanta angústia. Mas passa. Dê tempo ao tempo, chore quando sentir vontade e aos poucos, vá conhecendo pessoas, lugares onde se sinta bem… Enfim: vá encontrando referências.
    Um dia, Puff, a gente passa a dormir leve e acordar feliz de novo. Fica tranquila.
    Beijos,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s