Ah London, London

Mais um dia de Londres. Regado a Pinot Grigio. Regado a muuuuuuuuito Pinot Grigio.

Fui fazer umas coisinhas por lá e encontrei a Keka. Fizemos umas comprinhas básicas na Oxford Street e nos enfiamos num pub às 4 da tarde. Uma garrafa de Pinot aqui, outra ali, porções de Nachos e a noite se resumiu naquela cena dantesca dessa pessoa aqui que vos fala não conseguir se equilibrar no banheiro pra fazer xixi. Bebemos, rimos, choramos, dissemos que nos amávamos, toda essa putaria de gente bêbada.
Só me lembro da terceira garrafa, se teve mais eu não sei. E eu, pobre coitada, tendo que voltar pra Reading. Peguei o metrô andando torto e juro que não sei como acabei em Paddington. Existe um estado de consciência por baixo de todo o álcool.
Entrei no trem, que acabei nem vendo se era o certo. Fui pra plataforma que sempre vou e me enfiei. Ah, sim, agora lembrei que comprei um brownie, nem me lembro do sabor do coitado!!! Me enfiei no trem e lembro que tinha um cara no chão passando mal. Lembro que os amigos dele falaram comigo e eu falei com eles, mas bem que eu podia até ter falado em português porque não tenho idéia do que disse. Lembro de hipoglicemia, ambulância e uma gorda russa muito mal educada da manutenção do trem.
Lembro que mudei de lugar várias vezes, talvez porque estava feliz por finalmente ter tantos lugares vagos no trem e poder escolher. Acho que quis escolher e dizer “aqui não”, “aqui também não”, “maybe there”… ainda não sabia se o trem ia pra Reading.
Sentei do lado de um bolotinha com cara de videogame-addicted, ouvindo uma ipod. Só lembro que dormi e ouvi alguém falando de Reading. Então matutei com as minhas minhoquinhas embebidas em pinot grigio que estávamos no caminho certo. Dormi.
Acordei de boca aberta, quase que babando e desesperada. Sacudi o bolotinha videogame e gritei “Oh my God, oh my Gooooood, have we passed Reading already?????????????” (Só depois o David me disse que eu tava com um bafo de álcool de longe, e eu tête à tête com o bolotinha!) E ele disse “no, we are just arriving… the train is slowing down…” E eu nem pra me tocar que o trem tava diminuindo a velocidade…. Imagina se eu perdesse a parada o trem ia lá pra depois de Oxford, e eram mais de nove da noite.
Enfim. Desci na estação, caminhei torto até o ponto de ônibus e só ia ter ônibus pra perto de casa em uma hora. Resolvi andar. Bêbada e enjoada, conversando com os Nachos na barriga. Liguei pro David “babinho, there is no fucking bus, gonna have to fucking walk, and i´m fucking drunk”. Na verdade isso era o que eu achava que tinha dito. Ele disse que eu balbuciei um “walk”, um “fucking” e um “drunk”. Só lembro dele dizendo “don´t go anywhere, stay where you are”.
Ai você acha que príncipe encantado ia aparecer de LandRover, me enfiar no carro, me levar pra casa e me colocar na banheira. Não, sem carro e sem banheira, príncipe encantado apareceu na esquina de bike. Tão atordoado, coitado, que quase não me viu e eu tive que gritar um heeeeey. Acomodou minhas bolsas na bike, segurou na minha mão e me levou pra casa. A pé. Mas eu cheguei em casa.
Ele disse que o cheiro de vinho saía de mim pelos poros. E eu me lembro de chegar em casa, ficar de calcinha, sutiã e meia, estirada no sofá, com a boca aberta que nem no trem. Tomei um banho inspecionado pelo marido, pra eu não cair e morrer no chuveiro, falei com a minha mãe e minha irmã pelo skype – completamente zureta – e fui dormir. Bêbada de Pinot Grigio. Muuuuuito bêbada.
Imaginem a situaçããããã de hoje. Muita água, paracetemol e umas “apagadas” do além na cama.

Ai, como eu amo London, London…

Anúncios

2 comentários sobre “Ah London, London

  1. Delma disse:

    oi Mi

    Muito engraçado o seu relato…não me lembro de ter ficado tão bêbada na minha vida…acho que uma vez inventei de tomar duas caipirinhas e eu fiquei em um estado deplorável…e quando fico meio bêbada, me dá ataque de sinceridade e saio falando besteira sem respirar…
    Passei por aquele barzinho que vc disse o Salve Jorge…fica tão pertinho do meu trabalho anterior…como a decoração é linda…vou fazer um happy-hour nesta semana lá e vou aproveitar e fotografar lá dentro.
    Beijinhos e continue super animada

    Delma

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s