Love songs are back agaaaaain…

Esse post é tudo pra quem não tem o que fazer hoje!
Se você tem mais de 25 vai se divertir. Se você tem menos, vai ver o que perdeu!!!

Eu já tô numa fase saudosista-brega há um tempo. Aí entrei no blog da Nu e não resisti. Resolvi voltar no túnel, virar a gaveta no chão e contar meus podres. Que medooooo.
Ao som de “Making love out of nothing at all”, do blog da Nu, eu vou dando as coordenadas para quem estiver aí. Tipo, volte para quase 1990, Época da extinta Rádio Cidade e seu “Love Songs”, que começava à noitinha com aquela música que fica no ouvido até hoje “Love songs are back agaaaaain”. Aí sim, era sessão sala de dentista. E a música que mais tocava era  Endless Love, alguém lembra??? (Hahahahaha)

O mais cômico era quando o locutor fazia a tradução. A música tocava e no intervalo das frases ele traduzia correndo, com aquele inglês tosco. Mas, claro, com a mesma intonação da música e com aquela voz que só locutor de rádio assim tem. E era mais ou menos assim:

My love…. meu amor…. there´s only you in my life… só existe VOCÊ na minha vida…. the only thing that´s right… a ÚNICA coisa certa… my first love… meu PRIMEIRO amor… you´re every breath that I take…. você é CADA respiração minha… you´re every step I make… você é todo passo que EU dou… and Iiiiiiiii…. E eeeeu… I want to share.. all my looooove with you… Eu quero dividir TODO O MEU AMOR – com você…. No one else will do… NINGUÉM!!! Jamais o fará!… And your eyes (your eyes, your eyes)… e seus olhos, seus olhos, SEUS olhos… they tell me how much you care… eles me dizem o quanto você se importa!!!!… Oh yeah… Ah, sim… you will aaaaalways be… você SEMPRE será… my endless looooove… meu amor… SEM FIM…

(hahahaha preciso continuar, sorry!!!!)

Two hearts… dois corações… two hearts that beat as one… dois corações que batem COMO UM!… our lives have just began… nossas vidas… apenas começaram!!!… Foooorever… PARA SEMPRE…. I´ll hold you close in my arms… eu te abraçarei… nos MEUS braços!… I can´t resist your charm… NÃO!! Eu não CONSIGO resistir ao SEU charme!!!!!…. and I, I´ll be a fool for yooooou i´m sure… e eeeeu??? eu serei um BOBO por você, tenho CERTEZA!… And you know I don´t mind, ooooh you know I don´t mind… E você SABE que eu não me importo, OOOOH você sabe que eu NÃO ME IMPORTO!!!!!… cause you…. porque VOCÊ!!… you´ll be the one to meeee… você será A ÚNICA para MIM!!!!… and I know… e EU SEI!!!… I have found in you…. que encontrei… em VOCÊ…. my endless love… meu amor…. sem fim…. And noooooo one can deny… E NINGUÉM PODE NEGAR!!!!…. the looooove I have inside… o amor que eu tenho AQUI DENTRO!!… And I´ll giiiiiiiiiive it all to you… E EU O DAREI TO-DO À VOCÊ!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!….. My love, my love…. meu amor, meu amor… my love…. meu…. amor…. my endless love…. meu amor…. sem fim…

(Tipo, e agora parecia que o cara ia chorar…)

Hahahaha não consigo parar de rir!!! Fora “Endless love” tinha aquela da novela Mandala, “Nothing is gonna change my love for you” (… you ought know by now how much I love you, one thing you can be sure of I’ll never ask for more than your love…). Ah!! E outro clássico: “I just called…. to say… I love you… I just called to say how much I ca-a-a-a-are!!!”.
Cara, é tanta música que vem na cabeça… “If you leave me now, you´ll take away the biggest part of me… Uuuuuuuuh no, babe please don´t go!!! Tã-tã-tã-tããã-tã-tã-tã-tã-tããã….” Tá, mas também tinham as nacionais. Bons tempos de Só Pra Contrariar e umas porcariazinhas… O que me lembro bem é Sampa Crew: “Pro-cu-ro alguém com quem possa dividir, essa dor que me corrói e quer me des-truir… eu fui fundo nesse amor, fui sem medo, procuro os motivos sei que não me-re-ço (,,,) hoje resolvi mudar, vou dei-xar… de te amar… hoje resolvi mudar, vou cantaaar… yeahyeah, yeahyeah, yeahyeah, uuuuuuuuuuuuuuuh….”


Obviamente não podemos deixar de citar os reis da época, New Kids On The Block. Pra quem era delinquente como eu, NKOTB. E a música top deles no Love Songs era Please don´t go girl“, com o Joey cantando com aquela vozinha de criança “Tell me you´ll staaaaaaay, never eeever go away…. I need you (I need you),,, I guess I aaaalways will… Giiiiiiiiiiiiiiiiiiiiirl… you´re my best friend – giiiiiiirl – you my love within, I just want you to know… that I will alwaaaaaays love yooooooou…. UUUUUUH BABEEEEEEE… don´t-go-girl… I´m gonna alwaaaaaaays… love-you-girl…”

 

Ainda dá tempo de falar de Polegar… hehehehe… “Dá praaaa mim, o seu amooor, dá pra miiiim, não se preocupe que eu serei um bom rapaaaaaz…” 

 

E Dominó, na época ainda do Afonso Nigro… “Manequiiiim, teu sorriso é um colar de marfim… vou te seguindo… manequim, que nem dá bola pra mim…. manequim, mil carinhas com o queixo na mão… ” O mais engraçado é assistir ao clipe aí no link e reparar no “penteado sexy última moda” que ele fala… Sem contar a dancinha e as caras!! Hahahaha, de se matar de rir! (Se não abrir, o link é este: http://www.youtube.com/watch?v=DXurFXnjj1I)

E aí tinham os bons. Extreme com “More than words”, Poison com “Every rose has its thorn”, Skid Row com “18 and a life”, Guns com “Patience”, All saints, U2, Nirvana e Bon Jovi, claro. E tinha os outros. Ugly Kid Joe e “Everything about you”, Alice in Chains com “I’m the maaaaaan in the box, burieeeed in my shiiit…”, Right said Fred e “I’m too sexy”, Deelight e “Groove is in the heart”, Danger Danger (alguém lembra?),  Ace of Base, Warrant e “Cherry Pie”, etc…

Um clássico dos anos 90. O clipe da abelhinha… Blind Melon e “No rain”… E, a seguir, Deelight e o psicodélico super moderno “Groove is in the heart”!

“How do you say… dee-light…”

Outro inesquecível, Vanilla Ice… Não minha gente pequena, não é Vanilla Sky, é Vanilla Ice mesmo, tipo ice-ice-baby.

Isso ainda me lembra muito Tartarugas Ninja!! Hahahaha!!!
Depois vocês perguntam o porque dos nossos topetes naquela época…

E pra fechar com chave de ouro, um clássico que eu vi na TV esses dias. “Hunting high and low”, inesquecível AHA.

Tá, eu falei um monte e não contei os podres. Os podres vêm junto com aquelas agendas velhas que eu citei aqui uma vez. É minha gente, em 1980/1990 os adolescentes eram retardados, imagina que menina de 13 anos era toda arrumadinha que nem essas que a gente vê em shopping, com silicone e tudo. Na escola tinha que usar uniforme, não dava pra ficar desfilando roupinha.
Moda era camiseta da Fatto, com aquele bichinho estranho com um band-aid na cara. E do tamanho maior possível, bem larga. Depois evoluiu um pouco e todo mundo se robotizou em calças leggings, camiseta Banana Republic com a iguana, brinco dourado de coração e topete Mc Donald´s (dividido no meio, apetrecho conseguido através de horas de bob). Ah, e, claro, tênis de salto, igual ao do açougueiro da esquina. Pelo menos aqui em São Paulo era assim. Não tinha progressiva, a gente não sabia usar maquiagem e a moda era feia. Eu disse, anos 80. Quer moda pior que esta? Ombreiras, moletom, camisetões, botões dourados… um show de horror.
Balada em Sampa era Resumo da Ópera (dentro do Shopping Eldorado), Kíron, PHD, Stravaganza… Meninos tinham que ter topete e usar Ralph Lauren ou Lacoste, e mocassim marrom de sola branca da Side Walk (quaquaquaquaquaqua!!!!!)… E a gente dançava Double You. E um pouco antes da adolescência, os carros dos pais tinham que ter o adesivo do cachorrinho da Ticket´s, se não você não era cool. E ai de quem não tivesse um fru-fru verde limão da Pakalolo.
Era isso minha gente. A gente não sabia muito das coisas, queria ficar falando dos meninos e só. Se desse para beijar na boca, ótimo. Outras coisas seriam lucros incrivelmente grandes. Tudo bem que eu pertencia à esse mundinho, mas tinham outros. Eu também já fui Heavy Metal,  só andava de preto, de coturno e ouvia Sepultura. E tinha uma banda imaginária (na verdade eu sempre quis ter uma banda, aí sonhava com ela, mas ela nunca existiu)….
Férias no Guarujá tinha que levar binóculo e paquerar os gatinhos dos prédios da frente. Todo mundo tinha binóculo. E o resto do dia, depois da praia, ou a gente andava 587 vezes, ida e volta, da Pitangueiras para a Enseada, ou ficava hooooooras sentada na Pitangueiras vendo os caras passarem. Era assim que funcionava. Ou se apaixonava por um surfistinha meia-boca parafinado. Mas só por alguns dias, também.
E nessa época eu gostava de alguns meninos, porque um só não era suficiente. Todos amores platônicos, óbvio. Porque pra que contar? Às vezes rolavam uns telefonemas anônimos, trotes…. nada de celular, o negócio era pager mesmo ou telefone fixo. Internet, o que é isso??? Eu me comunicava por cartas. E era muito bom. CD ainda não era artigo acessível e minha mãe teve que trazer um som com cd player quando foi para Cancun, porque aqui não tinha. Polegar, Dominó, New Kids… era tudo na base da fita-cassete, que se enrolasse a gente tinha um filho!!!!
E o que o “Love songs” teve a ver com isso? Tudo. A gente ouvia em grupo de meninas e cada uma tinha uma vez para a música, era uma coisa organizada. E quem tinha a vez dizia “a próxima música é o que o fulano queria dizer pra mim”… Aí a gente ficava feliz ou arrasada. E nada além acontecia. (Aaaaffff, não acredito que contei isso aqui).

Já disse uma vez aqui… “pobre menina, não tem ninguém”. Ô adolescência medíocre…. hohohohoho.

 

Anúncios

7 comentários sobre “Love songs are back agaaaaain…

  1. nunugil disse:

    Quase chorei com estas memórias 80/90´s, deliciosamente bregas e com o melodramático fundo musical ‘love songs are back again’… Que saudades! Será que dá pra ter 15 anos de novo só por alguns segundos? Pra circular no eixo Pitangueiras – Enseada? Pra fazer as brincadeirinhas mil de amor platônico? Ai, ai…

  2. Marilac disse:

    Oii Mi,
    Adorei esse flash Back…love songs , eu adoro estas que vc citou, endeless love na epoca fez um sucesso mesmo, o filme era meio doidinho mas a musica fazia suspirar.E nas radios essas traduções eram audiência certa.
    E o A-HA, eu era louca por esse conjunto, eles vieram a Fortaleza nos anos 80 e foi um show inesquecivel,

    O tempo passa voando..parece que foi ontem..rss

    bjs

    Marilac

  3. Flavia disse:

    Ai gente, esse post esta o maximo!!! Polegar… eles iam no Gugu ha, ha.

    Adorei, bjs.

    Ah… vc me perguntou esqueci de falar… sou de Sao Paulo, a terrinha me espera!!!

  4. Silvia disse:

    Caramba, quase tive um orgasmo ao lembrar dessa musiquinha de abertura rsrsrsrr.
    Realmente que tempo bom, que não volta nunca mais rsrsrsr.
    Tinha tbm o LOVE LINE na band. qdo uma entrava em comercial eu sempre mudava pra outra pra ver que musica tava passando.

    Vlw, e se vc pudesse me mandar o nome de mais algumas daquela época , mas mais as lentas romanticas ( pq eu de inglês não passo do My name is rsrsrsrsrr)gostaria muito mesmo.
    bjs e Boa sorte. ADOREIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII

  5. Silvia disse:

    Oi moxinha, passei ki só pra dizer que não consigo mais tirar a musica da cabeça, mas eu entrei num site e achei e baixei rsrsrsrsr.
    Mas tbm não resisti, quem era fã da rádio cidade com certeza vai lembra dessa:

    CHAME OS AMIGOS,
    REUNA A FAMÍLIA,
    AVISE OS VIZINHOS,
    TODOS PARA O CARRO,
    PÉ NA TÁBUA ESTÁ NO AR,
    O PEDÁGIO DA CIDADEEEEEEEEEEEEEEEEE.

    RSRSRSRSRSR,
    LEMBRARAM???????????

    MUITOS BJS CARINHOSO À TODOS.

  6. AGUINALDO disse:

    Noooossa !! Amei conhecer você !!! Me identifiquei pra caramba com você !! Uma que sou RADIALISTA e sempre fui fã da RADIO CIDADE 96,9 que infelizmente não exista mais. Enfim suas risadas e suas palavras … kkkkk MuiiiitooO Showww de bola !! Bjokas.

    Se quiser me adc no msn:
    aguinaldobatista10@hotmail.com

    Tenha um lindo dia !!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s