Conselhos de um ninguém

Vou te contar uma dessas verdades absolutas: você nunca – nunca – terá certeza de nada nessa vida. Não adianta ficar procurando explicações, argumentos. Motivos são pequenos monstrinhos imaginários que sentam em cima dos nossos traumas de um jeito quente que conforta, mas não resolve. Overthinking pode te enlouquecer.
Nada é certo, a vida é um grande jogo. Para todo o yin, existe o yang. Sempre. Não há excessões. Não existe sim sem não, não existe certo sem errado, não existe escuro sem luz, não existe calmaria sem tempestade. Clichê, talvez. Mas a vida mesmo, essa real, essa bagagem pesada que você carrega nas costas, é cheia de clichês. Amores, desamores, amizades, inimizades, acertos, erros, escolhas, decisões, negligências, bifurcações.
No exato momento em que você coloca um pé em uma escolha, está deixando outras para trás. Aderir é o mesmo que abdicar. Não existe consenso, não existe meio termo. Ou é sim ou é não. “Talvez” é escolha que serve apenas para os que se recusam a sair do lugar, para os que se recusam a evoluir. Não dá para ter tudo, é essencial decidir.
Um dia você terá idade suficiente para olhar para trás e tomara que seu passado seja cheio. Tomara que seus dias tenham sido longos, que tenham existido milhões de pessoas, algumas superespeciais, milhões de sorrisos (alguns superespeciais). Tomara que tenham existido diversas mãos segurando as suas quando você mais precisou, e espero que você tenha doado ainda mais do que recebeu. Se tiver sorte, terá uma estrada cheia de histórias pra contar, terá arriscado mais e desistido menos, terá mastigado seus medos e desafiado esse conceito esdrúxulo de liberdade. Espero que você tenha histórias para contar, e que não sejam medíocres, que encantem os ouvintes, que inspirem, que motivem. Desejo mesmo que um dia você inspire ao menos uma outra pessoa na sua vida.
Mas ainda que não tenha nada disso quando conseguir olhar para trás, te desejo apenas uma coisa: a certeza morna – ainda que momentânea – de que as tuas escolhas foram as certas. Porque te juro, não há nada mais pacificador do que isso.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s