Em pé

Se um dia me achar endurecida e racional demais, pense na quantidade de porrada que posso ter levado da vida. Só eu sei o tamanho dos meus ombros e o quanto eles são capazes de suportar. Só eu sei quantas vezes perdi o rumo, deixei as pernas arquearem e não me senti grande o bastante para tanto peso. Mas perder o equilíbrio não implica em cair. E se cair, há de se levantar de novo e de novo e de novo. A posição é em pé, sempre.
Vez ou outra desejo ser menina novamente, mas isso seria fugir de um potencial incrível de me tornar alguém melhor.

Anúncios

Um comentário sobre “Em pé

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s