Moving on

Chega de esperar que coisas aconteçam. Estou me despindo das amarras, dos grilhões, do passado. Estou seguindo em frente sem me importar em recolher meus pedaços pelo caminho.  Não quero mais olhar para trás, não quero mais esse meu cheiro de naftalina. Que se danem meus pedaços que caem; eles já não mais me pertencem.
Chega de depositar esperanças no que depende dos outros, chega de esperar que as coisas aconteçam seguindo esses scripts loucos que a sua cabeça inventa. Chega de ostentar essa capa de adolescência tardia, incrustada de pequenas poções de drama e ilusão.
Sente o corpo nu, menina, sem nada que te segure além desse sorriso no rosto. E ande. Ande pra frente. O que tem que ser, é.

Anúncios

Um comentário sobre “Moving on

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s