Guerreira de barco

Que talvez o que te prende é um passado que, de repente, não existe mais.
Que as pessoas mudam, ora pra melhor, ora pra pior.
Que o amor não acaba, mas se transforma.
Que para sempre não existe.
Que talvez tenha sido mesmo sempre você a insistir em tudo em isso.
Que talvez tenha sido mesmo sempre você a acreditar em contos de fada.
E contos de fada não existem.
Enxuga essas lágrimas, engole todo esse vazio. Chega de remar contra a maré, é hora de deixar a correnteza levar, é hora de deixar a vida manifestar suas vontades. Passe pro banco de trás, menina, você não controla mais esse barco.

E isso não é fracasso. Isso é amor próprio.

 

***

Continuará tentando, espera sempre o melhor de tudo. É uma guerreira sem estratégia nenhuma, conta apenas com essa esperança triste de que os outros continuem remando também.

Anúncios

7 comentários sobre “Guerreira de barco

  1. Taty disse:

    Suas palavras tocam tão fundo em mim que eu jamais conseguiria explicar o que sinto ao te ler!

    Ontem você disse: “Chorar não adianta, Milena”… mas, no seu caso, as lágrimas são sempre prenúncios de sorrisos!

    Superação é a sua palavra, sempre!

    Beijos, queridona!

  2. Marcelo Zaniolo disse:

    Prometo não me alongar demais nesse comentário (apesar de reflexões as vezes extrapolarem o bom senso no uso de linhas e palavras), mas não creio que haja melhor metáfora do que “as águas de um rio” e “remar contra a maré”.

    Até porque quem luta muito por uma lembrança não deixa de ser um guerreiro, um remador; e quem insiste em algo teoricamente inalcançável sofre, chora e tenta aprender com a dor.

    Daí a origem “água”, talvez.

    É uma música isso, Mi? Ou um texto seu mesmo?
    Muito bonito.

    Beijo.

  3. Marcelo Zaniolo disse:

    Puts.

    Espero que estejas bem e que as lágrimas tenham sido passageiras, Mi.

    Voltei para te parabenizar pelo texto de novo. Não sei porque achei que fosse música ou poema, e em nenhum momento duvidei da tua capacidade! Haha

    Beijo.

    Ps: achei melhor responder por aqui, não liga.

  4. Vivi disse:

    Amiga esse texto é seu? Tão maravilhoso amiga… Vc tá bem? Fiquei feliz da vida por vc ter recebido meu cartão, mesmo que depois das festas.

    Tô em sampa desde segunda-feira, vou embora na sexta e lembrei de vc.
    Bjokas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s