Vento

Ando tão cansada de andar contra o vento,  remar contra a maré, reconstruir, re-cuidar, re-tentar, refazer. Ando cansada.

Tenho a sensação de que estou sempre tentando tentando tentando tentando, e esse vento soprando contra mim.

Ando tão cansada.

De gente me convencendo, de mim mesma me convencendo a deixar o barco fluir naturalmente. Há de se colocar alguma direção, alguma força, há de se remar um pouco.

Se o vento sopra contra, o barco vai para trás.

Anúncios

Um comentário sobre “Vento

  1. Paola disse:

    Me identifiquei muito com os seus últimos 5 textos aqui do blog… esse então! Mais do que todos!

    Me diz como você consegue direcionar o barquinho… Ou simplesmente deixá-lo seguir o fluxo da água, pq eu não to sabendo fazer o mesmo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s