Colo

Queria te colocar no colo hoje.
Passar a mão pelo seu cabelo, correr o dedo indicador nas bordas do teu rosto, como quem desenha o amor no ar. Queria te contar umas histórias, coisas simples, como o quanto você me faz bem. Te mostraria  umas coisas, te faria rir das minhas tolices, colocaria  uma música boa pra gente dançar no escuro. Poderia ler pra você um desses contos bonitos, que enfeitam o dia pelas palavras de alguém. Te traria café na cama e contaria quantos beijos cabem entre a tua boca e o teu pescoço.
Queria te colocar no colo hoje e, se preferir, não digo nada. Se quiser minhas palavras, aqui estão. Se quiser que te escute, fale. Se quiser somente meu silêncio, te dou. Tudo o que eu tenho, hoje é seu. 
Fica bem, menino, entenda que existe gente nesse mundo que faria de tudo pelo teu sorriso.

Me deixa te fazer bem.

Anúncios

5 comentários sobre “Colo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s