Como sobreviver ao frio

Muitos de vocês já devem ter visto o caos que está no Reino Unido esta semana. O inverno mais rigoroso dos últimos 50 anos veio acompanhado com a maior tempestade de neve. E, em menos de 1 mês, já nevou forte duas vezes.
Pra quem não sabe, o Norte da Inglaterra, a Escócia e a Irlanda do Norte estão acostumados com neve. Mas aqui no sul, perto de Londres, isso ainda é tão fenômeno quanto neve no sul do Brasil.
No ano passado, em Fevereiro, nevou bastante. Nada comparado ao que nevou essa semana, mas o suficiente pra deixar a gente feliz, parar Londres por um dia e fazer boneco de neve.
Desta vez a neve começou às 17:30 do dia 05 e só parou na noite de ontem. Neve forte durante vinte e quatro horas estragou a Inglaterra.
Aqui em Reading tem mais de 40cm de neve acumulada e como a temperatura está assustadoramente negativa, a neve não tem derretido. Ontem à noite, em Oxfordshire, aqui do lado, fez -17 graus. Não é brincadeira, o negócio tá sério mesmo.

Então aqui vão algumas dicas pra você que acha que nunca vai precisar se lembrar delas:

1. Extremidades são as partes mais vulneráveis. Pés, mãos, orelhas, nariz. Aquela estória de orelha quebrar no frio não é brincadeira, a gente não sente a orelha congelar. Então não subestime o gorro.
Pés pedem vários pares de meia, de preferência “thermal”, feitas com tecido especial ou lã. Coloque a thermal primeiro, pra entrar em contato com o pé. Se seus pés ainda estiverem frios com quatro, cinco pares de meia, coloque jornal como palmilha dentro do sapato. É sério. E quando chegar em casa, direto para a banheira ou fazer um escalda-pés.

2. Não há muito o que se fazer com o nariz, tente esquentá-lo de vez em quando, cobrindo-o com o cachecol ou a mão.

3. Nunca coloque luvas fora de casa. Se as suas mãos estiverem geladas, a luva cria uma espécie de “bolsa térmica” e mantém a temperatura que está. Esquente as mãos primeiro e coloque as luvas antes de sair. Aliás, nunca “ache” que não precisa de luvas. Um dia não achei as minhas na bolsa, desencanei, e cheguei na casa de uma amiga com o dedinho azul. Medo.

4. Se você chegar em algum lugar não sentindo as mãos debaixo das luvas, cuidado. Não coloque em água quente. Dá um choque térmico e qualquer temperatura acima das tuas mãos parece que está escaldando. Eu fiz isso outro dia e quase morri de dor, até água fria queimava. Esfregue bastante as mãos e tente mantê-las perto do aquecedor. Elas precisam voltar à temperatura naturalmente.

5. Não confie em sapatos à prova d´água. Todos os meus não seguram a neve. Compre um par de galochas ou faça como eu, aconselhada pelo ex cadete mirim do exército, que é o meu marido: enrole os pés em sacos plásticos e depois coloque-os dentro das botas. (Sim, eu tenho feito isso e quero morrer de catapora assassinando todo o meu passado no mundo da moda….) Mas não queira ficar com os pés molhados. Não mesmo.

6. Beba muito líquido e coma coisas quentes.

7. Muito cuidado com gelo. Se o chão reflete é porque tem gelo. Se não reflete, ainda assim pode ter o chamado “black ice”, que é o que você não vê. Não há muito o que fazer, você vai escorregar, patinar e cair. Mas um tombo pode ser perigoso. Tem uma moda nova rolando aqui de gente saindo de ski no gelo. Vi um cara em Reading ontem.

8. Se você tiver que andar no gelo, use sapato com “grips”, sem sola lisa. Sola lisa é morte. Ou então faça como eu e considere comprar umas chuteiras. Ande devagar, muito devagar e tente se equilibrar. Não há mais nada a fazer. E se cair, ria.

9. Não saia de casa depois de uma tempestade de neve que virou gelo, a não ser que seja realmente necessário. Se for sair de carro, deixe cobertores e casacos extras no porta mala e leve sempre água e comida com você. Teve gente presa no carro, nas estradas congeladas, por mais de 10 horas (com a temperatura negativa).

10. Nunca acredite no sol morando na Europa. Um solzinho lá fora pode ser propaganda enganosa. Sol de inverno não esquenta. Não subestime o frio.

11. Se você sentir que fica tonto durante o inverno, pode ser que tenha labirintite irritativa ao frio. Eu tenho. E só descobri depois que passei meses andando torto. Dica super fácil, tome cápsulas de gingko biloba todas as manhãs. Regulariza o labirinto.

12. Não se desespere se achar que não está conseguindo enxergar direito no inverno. O grau do seu óculos não aumentou, é a falta de incidência solar que contribui pra isso.

13. Agora aproveite para deixar seus vinhos geladinhos na janela e vá fazer um boneco de neve!

Eu sei que no Canadá e na Dinamarca essas dicas parecem ridículas. Mas a Inglaterra é um país despreparado para a neve, então todo cuidado é pouco.

Anúncios

8 comentários sobre “Como sobreviver ao frio

  1. Luciana Håland disse:

    Eu moro na Noruega e aqui tá frio demais, suas dicas me servem muito, vou por em prática, principalmente a do plástico nos pés, pois sempre entra água e é tão desagradável. Já as galochas eu tentei mas não consegui apoio para caminhar no gelo.
    As dicas das luvas também eu não sabia, mais uma super util para mim.
    Valeu pelas dicas!

  2. Mi disse:

    De nada, Lu! A intenção era essa mesmo!!! Não deixe os pés se molharem!!! E eu sei bem como é a galocha, por isso que não comprei uma… ainda acho pouca solução pra andar no gelo! Boa sorte aí! Bjs

  3. Hilda disse:

    Adorei a dica do saco plastico. rs
    Roupas termicas tambem sao otimas, tipo calca, blusa com tecidos especiais para usar embaixo da roupa “normal”.
    Bjs

  4. Luiza disse:

    Vlw pelas dicas, elas vão ajudar muito eu e minha familia na nossa viagem à Alemanha neste inverno de fevereiro.
    Vamos deixar pra comprar a roupa pesada de inverno por lá mesmo, será que é uma boa? Dizem que fica mais barato… Fico com medo de não encontrar roupas num preço barato por lá tb e só passar aperto!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s