Venha de novo, menina

Tudo o que eu queria dizer pra ela eram palavras tolas, frases meio feitas, coisa superficial que não revelava absolutamente nada. Estava cansado de querer muito mais do que podia dar. Não queria, não podia, não devia, mas principalmente não devia mostrar um fiapo de sentimento. Era perigoso demais. Então ficávamos assim, ela e eu, nesse correio elegante subjugado, sem liberdade nenhuma, sem nada que pudesse vir à tona. Estava cansada de se decepcionar e construir fantasias, disse ela. Eu também, porra. Mas queria tanto essa fantasia pra mim.
Tinha medo que acabasse um dia todo esse sentimento insensível dentro do peito. Tinha que fingir não ter nada por dentro. E ela chorava, até, uma lágrima branca, lúdica, de sal. Uma lágrima vazia. Um peito de pedra. Um coração remendado com todas as dores de vinte e quatro anos.
E eu que só queria dizer tanta coisa e não podia, remediava o que havia dito e escolhia letras para redizer. Tudo com muito cuidado, com muita cautela. E quando não dizia, simplesmente não dizia. Vazio, branco. Um silêncio redondo cheio de coisas presas. Uma bolha de ar com um monte de palavra.
Não quero que ela vá, também não quero ir. Ela não é minha, eu não sou dela, mas gosto da gente assim. Prefiro a gente junto, é verdade. Sem medo, sem todo esse nada. Onde foi que tudo isso começou?
Quero aprender a falar. Quero sentir o cheio, o que derrama. Quero transbordar de coisas a serem ditas, coisas ditas, sentimentos plenos. Pare um minuto, menina. Sente meu cheiro? Estou mais perto do que imagina. Estou nesse bolha vazia em volta de você, nesse mundo preenchido por sabe-se-lá-o-quê. Estou aqui, menina, vem de novo. Vou sentir saudades das nossas tardes tolas, dos filmes bobos e da pipoca queimada. Vem de novo. Continua aqui, em mim. Nenhum de nós vai machucar mais que a própria vida.

Anúncios

5 comentários sobre “Venha de novo, menina

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s