A vida, por Emília

Eu tinha talvez uns nove anos de idade quando minha tia chegou com uma caixa de papelão enorme e disse:
– Toma. Eu sei que você é a única que gosta de ler…
E quando eu abri, a caixa tinha a coleção completa do Monteiro Lobato, em capa dura. “Reinações de Narizinho”, “Memórias de Emília e Peter Pan”, “A chave do tamanho” e mais um monte. Foram boa companhia por muito tempo.
E morro de remorso quando penso que não tenho mais coisas como essas, que fizeram parte da minha infância. Queria ter guardado meus bonecos do Cascatinha e do Fofão. Seriam ícones hoje. Queria ter guardado essa coleção e a minha caixa de gibis de capa dura da Mônica. A minha bebezinho, que teve história pra contar... O que me conforma é que sei que todos os meus livros sempre foram doados pela minha mãe para instituições de caridade. E não há nada de mais perfeito nesse mundo do que passar magia de mão em mão.
Deixo aqui um trecho de “Memórias de Emília”, que achei no blog da Rah.

criança-lendo

“– A vida, senhor Visconde, é um pisca-pisca. A gente nasce, isto é, começa a piscar. Quem pára de piscar chegou ao fim, morreu. Piscar é abrir e fechar os olhos – viver é isso. É um dorme e acorda, dorme e acorda, até que dorme e não acorda mais […] A vida das gentes neste mundo, senhor Sabugo, é isso. Um rosário de piscados. Cada pisco é um dia. Pisca e mama, pisca e brinca, pisca e estuda, pisca e ama, pisca e cria filhos, pisca e geme os reumatismos, e por fim pisca pela última vez e morre. – E depois que morre?, perguntou o Visconde. – Depois que morre, vira hipótese. É ou não é?”

Anúncios

6 comentários sobre “A vida, por Emília

  1. Hilda disse:

    Adoro Monteiro Lobato… Milena, olha outra coincidencia, pois eu tb ganhei a colecao do ML inteira de uma tia. Na verdade ela comprou p os filhos dela que nao gostavam muito de ler, como eles nem tocaram nos livros, ela se lembrou de mim.
    Outra colecao que eu amava eh a colecao Vagalume, sabe? Principalmente os livros do Marcos Rey, na minha opiniao o livro Um Cadaver Ouve Radio eh um classico que toda crianca deveria ler. E na adolescencia eu virei fa da Agatha Christie. rs
    Bjs

  2. coisas da cris disse:

    Que lindo Mi!!! Adorei!!! Eu sempre fui muito mais pelas histórias contadas pelas imagens, desenhos e fotografias do que pelas palavras. Gosto de ler, mas não sei porque não me encanta como as imagens o fazem!! Acho que cada um vivência o mundo do seu jeito né!? Admiro muito como vc o faz!! é lindo de se ver. bjocas

  3. Sunshine disse:

    Pelo visto não sou só eu que fico bem melhor passando por aqui. Fiquei super feliz de ver meu nominho ali !!! ^^ muito mesmo. Leio todos os posts sempre que entro na net. Esse trechinho da Emília realmente é uma graça… tava fazendo uma pesquisa e achei.. me apaixonei!!

    Rah * =D

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s