Irresistível

Ela era assim, irresistível. Tinha tantos defeitos, que era completamente perfeita. Impulsiva, intensa, fazia o que tinha vontade. Vivia um dia de cada vez, era inconsequente e totalmente louca. Podia jurar que era louca. Mas dessas insanidades de gente feliz, sabe? que faz o que quer, que vive o quer, que se doa sem pensar no que vai ganhar em troca. Se você quisesse, ela te faria a pessoa mais feliz do dia. Se você deixasse, ela tornaria seus dias as suas melhores aventuras. Cada minuto ao lado dela era um minuto de memória eterna.
Escondia uma mulher incrível atrás dos grandes olhos azuis de menina e das sardas espalhadas no nariz. Era forte, de personalidade e músculo. Deixaria você sem palavras com as respostas mais astutas. Era incrivelmente inteligente e culta, seu maior charme. Quando ela sorria, ah – seu sorriso esticava inteiro pelo seu rosto, e seus olhos quase se fechavam como se fosse preciso sonhar a cada sorrir. Era o rasgo mais bonito que já tinha visto.
E quando ela caminhava pela rua, vestida de cores vivas, ela era vida. Ela é o inesperado, o sem rumo. Ela é a pessoa mais instigante que você já conheceu; ela é a risada mais convidativa, ela é arte em sua forma mais bruta.
Ela tem o maior coração do mundo e dentro dele caberia você. Se você deixasse.

Anúncios

Um comentário sobre “Irresistível

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s