Piscou, tá contratada!

Eeee, vamos falar do new job!! Senta, que lá vem…
Foi tudo muito rápido, na verdade ninguém nem ouviu um “yes” da minha boca.
Marcaram uma entrevista na quarta-feira à noite, no shopping, e lá fui eu. Debaixo de chuva, transporte público, ninguém merece.
Cheguei lá e tive minha entrevista com a gerente da loja e a area manager, que é quem gerencia todas as lojas de uma determinada região.
Sentamos numa mesa de um café fechado e a area manager já começou a falar que estava impressionada com o meu currículo. Pediu pra eu falar um pouco sobre ele. Eu falei e ela disse “preciso te dizer uma coisa”. E eu já pensando, pronto, vai dizer que eu sou velha (como se eu tivesse fazendo teste pra modelo), ou que eu sou muito qualificada, ou qualquer coisa do gênero. “You´re too overqualified for this“. Bingo. Eu disse que realmente precisava de um emprego e que não me importava em trabalhar, desde que eu gostasse da empresa e visse possibilidade de desenvolvimento de carreira. Foi aí que ouvi uma das coisas mais bacanas em entrevista: “tá, eu sei que você vai acabar deixando a gente pra marketing, mas eu não ligo, a gente abusa de você o quanto puder e ainda assim deseja que você arrume um emprego em marketing”. Eu já fui com a cara da menina logo de cara, todas mais ou menos a mesma idade que eu, alegres, empolgadas.
Foi aí que uma olhou pra cara da outra e disse “yeah?“, “yeah!“. E eu sem dar um pio. Me levaram pra loja e me perguntaram se eu poderia ir no dia seguinte. Eu perguntei se era uma trial shift (um tipo de “tentativa”) e a gerente disse que sim. Marcamos pro dia seguinte, das 9h às 15h. Antes de ir embora, a area manager ainda me disse que a menina do marketing tá pra sair de lá em breve, então eu poderia ser considerada. Meus olhinhos brilharam.
Voltei na quinta para a trial shift. A gerente já foi falando que precisava fazer minha plaquinha de identificação, que comigo, a equipe eram de 5 vendedoras, que eu isso, eu aquilo. Comecei a pensar “mano, já me contrataram e eu não tô sabendo!”… Fim da trial shift e ela já me passou a rota. Você pode vir amanhã? Tá…
Eu teria uma entrevista por telefone ontem, pra telemarketing. Nem deu tempo de falar pro povo da loja que ainda estava fazendo entrevista. Mas eu voltei pra casa e decidi que desistiria do telemarketing, que acabaria ficando de saco cheio, por mais que fosse um bom dinheirinho a mais.
Ontem meu turno era das 15h às 20h. Toca meu telefone às 9:30, a gerente.
– Milena, você pode ir mais cedo? A fulana faltou, só tá a Nicola na loja…
– Que horas?
– O mais rápido que conseguir… 10h?
– 10h não consigo, mas 10:30 talvez.
– Tá, aí você fica até a loja fechar, comigo.
– Cuma????
– Até às 20h… tudo bem?
– Bem….
– Obrigada!!!!!!
Cara, pense que era meu primeiro dia oficial!!!! Na verdade, não, pra elas meu primeiro dia oficial já foi a trial shift.
No fim, tô sendo paga por hora, vâmo que vâmo. E fui. Quase morri, mas fui.

Agora, comparações com o hotel… Pense que eu dei um upgrade de um trampo no inferno pra uma nuvenzinha!

– Uniforme é roupa minha, pertencente unicamente à mim, saída do meu guarda-roupa. Calça preta, camisa branca, terninho ou cardigã preto. NO MORE saiaaaaaaa!!!! Sério, vá usar vestido de crepe quando tá -10 graus lá fora…
– NO MORE meia calça cor da pele!!!!!!!! Uhuuuuuuuu!!!!!!
– NO MORE sapatinho-vovó de salto!!!!!! Yeeeey!!! Pense que a loja é um stand. Ninguém vê teus pés. Você fica num espaço de mais ou menos 2,5m x 1m. A Nicola trabalha de meia peludinha pink!!!!!!!!!!!!!! Eu quase morri de tanta emoção!!! Eu posso trabalhar até de chinelo se quiser…. Sapato de salto+horas em pé+dor NUNCA MAIS!!!!!
– Tem banquinhooooo! Se eu quiser sentar um pouco eu posso!
– A hora do almoço é PAGA!!!!
– A minha trial shift foi PAGA!! Diferente do dia do frango….
– Eu posso beber água na frente dos clientes!!!!
– Todos os segundos que eu estiver lá dentro são PAGOS!
– Tem comissão pras três melhores vendedoras (e só tem cinco vendedoras hahahaha). Ou seja, o salário não é lá grande coisa, mas a chance de conseguir um extra é grande.
– 30% de desconto de funcionários nas peças MARA… 50% no dia do meu aniversário!!!!!
– Bônus pra quem vender mais peça casada…
– Perspectiva de carreira. Pense que na minha entrevista a area manager disse que a minha gerente começou como vendedora. Ontem perguntei pra ela há quanto tempo ela trabalhava lá… PASMEM: um mês e meio!!!!!!!!! Tudo nessa empresa parece muito rápido!
– O shopping NUNCA abre antes das 9h e NUNCA fecha depois das 20h (só na época do Natal fecha às 22h). VIda, vida, vida!
– Posso usar maquiagem, esmalte colorido, apetrechos femininos, ai, ai….
– Toda hora extra é paga… toda hora extra é paga… toda hora extra é paga…
– Por ser um stall (stand) não requer muita limpeza… tenho amigas trabalhando nas outras lojas que fazem 2 horas a mais por dia só pra limpar e arrumar a loja.

Enfim, a empresa é de Israel, já revende pra vários países e foi comprada por um investidor americano. Como elas disseram, agora é a hora de entrar lá. Tem muita grana rolando e eles querem crescer, e o head office ainda é muito pequeno em UK, vão precisar de mais gente.
Ontem recebi meu contrato. Vapt-vupt. Não me lembro de ter aceitado o emprego, mas já tenho até contrato hahaha!!!
Tomara que seja muito bom! Por enquanto, tô adorando!

Anúncios

4 comentários sobre “Piscou, tá contratada!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s