A lata

Foi então que abri uma lata de Sprite, que deve ter aparecido na geladeira depois de alguma visita do marido à loja de conveniências. Enchi meio copo, pois raramente nessa vida consigo beber uma lata toda.
Com a lata meio cheia à minha frente, abri a gaveta de talheres e, sem hesitar por um segundo que fosse, peguei uma colherinha. Taquei-lhe o cabo na lata, como fazia minha avó. Se preserva o gás não sei, mas naquele momento parecia-me a coisa mais óbvia e certa a se fazer. Me acabei de rir com tamanho resquício do passado… eu que tenho ipod touch colocando uma colherinha dentro da lata! Mas que descabimento!
Me acabei de rir, mas não tive coragem de tirar a colherinha. Seria como renegar a imaculada sabedoria de minha avó.

Anúncios

2 comentários sobre “A lata

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s