Branca de Neve em 2009

Era uma vez uma menina chamada Branca de Neve. Ela morava com o pai no Brooklyn, em Nova Iorque, e havia perdido a mãe há algum tempo.
Depois de um tempo seu pai casou-se com uma coroa malvada, que tinha lá seus quase sessenta anos e ainda jurava que era linda. Gastara fortunas com botox, prótese de silicone, abdominoplastia. Tinha personal trainer, um lábio inchado de colágeno e usava roupa de lycra. A madrasta queria ser a mais bela de todo o bairro.
Um dia a madrasta perguntou para o personal trainer quem em todo o bairro era mais bela que ela. E no fundo ela sabia que a resposta seria Branca, porque sempre teve inveja de sua pele perfeitamente alva, seus cabelos negros e olhos azuis da cor do Pacífico. Pois dito e feito, o personal respondeu “Branca de Neve” e foi demitido.
A madrasta malvada resolveu se livrar da menina contratando um matador de aluguel jamaicano. Negro, alto, forte, bonito. Quando viu Branca de Neve se encantou pela moça e não teve coragem de matá-la. Tomaram um drink no Soho e ele pediu pra Branca fugir de Manhatan.
Branca de Neve foi morar no Bronx, dividindo um apartamento com sete baixinhos mexicanos, todos imigrantes ilegais.
Um dia os baixinhos mexicanos receberam uma encomenda. Uma caixa de doughnuts com geléia endereçada à Branca de Neve. Depois de um longo dia de trabalho na recepção de hotel três estrelas, Branca chegou em casa e agradeceu aos céus por ter doughnuts, afinal, estava de TPM. Devorou um por um e adormeceu num sono profundo.
Os mexicanos chegaram do turno do Mc Donald´s tarde da noite e encontraram Branca deitada no chão.
Que pasa, Blanca?
Me parto el culo trabajando y ella se emborracha solo…
Blanca, acuerda! Blanca! Que pasa, Manolo?
Mierda de puta madre!!!! No tiene pulso!
Um dos mexicanos chamou o vizinho, Prince, um porto riquenho lindo de morrer. Alto, moreno, forte, olhos verdes, cheiroso. Manolo disse:
Besa a la chica, Prince! Besa a la chica!
Aunque se estuviese MUER-TA, Manolo! No me gusta la fruta, caramba!
Branca de Neve foi levada para a emergência e não resistiu…

PS: Já peço desculpas se tirei todo o encanto de um conto de fadas… foi só um surto momentâneo!!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s